Educação infantil: os desafios.

“Educa a criança no caminho em que deve andar; e até quando envelhecer não se desviará dele.” Provérbios 22:6

Este talvez seja um dos assuntos mais difíceis de se abordar; educação infantil. Vivemos em um tempo onde os desafios da educação estão cada vez mais complexos. As novas filosofias que se difundem pelo nosso mundo estão ganhando terreno no seio das famílias e das escolas.

Questões de gêneros, o politicamente correto, a verdade relativa entre tantas mais, estão ganhando cada vez mais espaço em nosso meio. As novas culturas, e a tecnologia tem também contribuído para causar uma severa disputa entre as pessoas. Observemos diariamente disputas nas redes sociais. Pessoas defendendo as suas ideias e levando essas ideias a outras, e assim conceitos são criados e absorvidos em todo lugar.

Em meio a tudo isso, o ensino bíblico fica numa situação de deslocamento, pois tentar aplicar esses padrões em nosso tempo parece que ficou um tanto arcaico. Ensinar o que é biblicamente correto ecoa como sendo ensino moralista e a cultura judaico cristã não é vista com bons olhos. Ser moralmente correto e defender a verdade absoluta virou até motivo de piada. Os homens e mulheres de nosso século estão a cada dia abandonando esses valores e mergulhando em experiências pessoais que de fato as deixam mais à vontade.

Tudo bem que esses caminhos sejam experimentados por pessoas que se dizem não cristãs, mas o que dizer quando cristãos aceitam esses métodos? Isso não seria um perigo para o cristianismo em nosso mundo.

A escritora cristã Ellen White escreveu:

“ Toda família cristã deve mostrar ao mundo o poder e a excelência da influência cristã. …. Os pais devem avaliar sua responsabilidade de guardar seu lar livre de toda mancha de mal moral. — The Review and Herald, 9 de Outubro de 1900. ”

E falando sobre educação infantil ela disse:

“ Satanás e seu exército estão fazendo os mais poderosos esforços para manejar a mente das crianças, e estas devem ser tratadas com imparcialidade, ternura e amor cristãos. Isto vos dará uma forte influência sobre elas, e sentirão que podem depor ilimitada confiança em vós. Rodeai vossos filhos com os encantos do lar e do vosso convívio. Se assim fizerdes, não terão tanto desejo de se unirem com outras companhias. … Devido ao mal que há agora no mundo, e à restrição que é necessário impor aos filhos, os pais devem ter cuidado dobrado em mantê-los unidos ao seu coração, fazendo-os compreender que desejam sua felicidade. — Testemunhos Seletos 1:136, 137 ”.

“ A pergunta que vos compete fazer é: “Estou formando uma família para fortalecer a influência e engrossar as fileiras dos poderes das trevas, ou estou suscitando filhos para Cristo? ” Se não governais vossos filhos e não lhes modelais o caráter de modo que correspondam aos reclamos de Deus, então quanto menos filhos houver para sofrer as consequências de uma educação defeituosa, tanto melhor para vós, seus pais, e melhor para a sociedade. A menos que os filhos possam ser educados e disciplinados desde o berço por uma mãe sábia e judiciosa, que seja conscienciosa e diligente, e que governe sua casa no temor do Senhor, talhando e moldando o caráter deles para que possam estar à altura das normas de justiça, é pecado aumentar a família. Deus vos deu raciocínio, e quer que o useis. — Testimonies for the Church 5:323, 324 ”. 

Deixe um comentário