LIÇÃO 11 – UNIDADE NA ADORAÇÃO

VERSO PARA MEMORIZAR: “Vi outro anjo voando pelo meio do céu, tendo um evangelho eterno para pregar aos que se assentam sobre a Terra, e a cada nação, e tribo, e língua, e povo, dizendo, em grande voz: Temei a Deus e dai-Lhe glória, pois é chegada a hora do Seu juízo; e adorai Aquele que fez o céu, e a terra, e o mar, e as fontes das águas” (Ap 14:6, 7).

Logo após o Pentecostes, os primeiros cristãos passaram a maior parte do tempo em adoração. “E perseveravam na doutrina dos apóstolos e na comunhão, no partir do pão e nas orações” (At 2:42). A alegria resultante do conhecimento de Jesus como o Messias (o cumprimento das profecias do Antigo Testamento) encheu o coração deles de ações de graças e gratidão a Deus. Que privilégio conhecer essa verdade maravilhosa! Esses primeiros cristãos sentiram a necessidade de passar tempo juntos em comunhão, estudo e oração, a fim de mostrar gratidão a Deus por Sua revelação na vida, morte e ressurreição de Jesus e pelo que Ele havia feito na vida deles. Por definição, a igreja de Jesus Cristo é uma comunidade de adoração, criada por Deus para ser “casa espiritual”, a fim de que sejamos “sacerdócio santo, oferecendo sacrifícios espirituais aceitáveis a Deus, por meio de Jesus Cristo” (1Pe 2:5, NVI). A gratidão a Deus, expressa na adoração em comunidade, transforma o coração e a mente das pessoas à semelhança do caráter divino e as prepara para o serviço. A lição desta semana focaliza o significado da adoração e como ela preserva a unidade entre os cristãos. CLIC AQUI PARA BAIXAR A LIÇÃO